Rua Desembargador Amorin Lima 343

Must have: veja 5 tendências de bolsas para o outono/inverno 2020

ILCA MARIA ESTEVÃO

Texturas, franjas e formas geométricas ganham vida nas bolsas da temporada.

Suportes para garrafas de água também prometem bombar!

As maxi bags estão de volta, com tamanhos e formas diversas.

Além delas, outros cinco estilos apareceram em várias coleções para as estações frias, como peças com texturas, franjas e shapes geométricos.

Os suportes para garrafas de água, agora acessórios de luxo, também estão entre as novidades,  sem falar nas jóias e penduricalhos com formato de pequenas bolsas.

Garrafas de água

Cada vez mais focada na sustentabilidade, a moda de luxo está de olho nas garrafas de água reutilizáveis há algumas temporadas.

Prova disso foi a aparição da cantora Maggie Rogers no tapete vermelho do Oscar 2020, portando uma garrafa com case de couro da Chanel, da coleção Cruise 2020.

Sob o mesmo ponto de vista, as passarelas de outono/inverno 2020 confirmaram a força da peça como acessório fashion.

Nas últimas coleções, grifes como Jacquemus, Collina Strada, Chloé e Max Mara investiram em garrafas e suportes.

Na Jacquemus e Chloé, o suporte é de couro e tem alças longas, para ser usado como uma bolsa crossbody.

Na Max Mara, a sugestão de styling é deixar a garrafa pendurada na bolsa. Melhor ainda se ela tiver a mesma textura felpuda!

Nesta temporada, a Collina Strada traz uma versão decorada com strass.

 

Bolsa como jóias ou penduricalhos

Alguns desfiles da temporada foram tomados por acessórios e penduricalhos na forma de micro bags, que apareceram em cintos e bolsas maiores.

Grifes como Fendi e Alexander McQueen apostaram na tendência como acessório decorativo.

O estilista Simon Porte Jacquemus é considerado o responsável pela febre das microbolsas, graças ao modelo Le Chiquito, apesar de o estilo estar em voga desde 2016.

No desfile de outono/inverno 2019/20 da Jacquemus, uma versão ainda menor da bolsa foi hit absoluto.

Agora, a marca transformou o item em brincos e pingentes.

Na Semana de Moda de Milão, Versace pendurou mini bags em alguns modelos de bolsa.

A Prada transformou o acessório em pulseiras.

Designs geométricos

Pense em retângulos, triângulos, cilindros, círculos e outras formas geométricas: esses shapes inspiraram alguns modelos de bolsas das coleções de inverno.

Alguns exemplos dessas peças estruturadas surgiram nas passarelas das grifes Oscar de la Renta e Coach, no New York Fashion Week.

Grande parte das opções é minimalista e tem cores neutras, como na Jil Sander e Fendi, mas algumas também ganham estampas geométricas, padronagens e animal print.

A Off-White investiu em modelos cilíndricos e cores sóbrias como preto, branco e azul-marinho, mas também apostou na estampa de vaca.

Franjas

O toque leve e cheio de movimento das franjas aparece em várias bolsas para as estações frias.

Algumas carregam um ar mais setentista, como um dos modelos da Elie Saab, ou surgem de maneira mais grosseira e extravagante, caso da opção em couro tressê da Bottega Veneta.

Na Rochas e na Erdem, além de movimento, as franjas trazem brilho e são festivas.

Uma das opções da Givenchy é decorada com vários tassels brancos e tem um aspecto mais conceitual.

Texturas

A extravagância também dá o tom da temporada na forma de texturas; seja nas penas da Altuzarra e Dries Van Noten, no felpudo da Rochas e Stella McCartney ou no acolchoado da Valentino.

Nada discretas, elas podem ser usadas como o statement do visual, ou compor looks que tenham peças com texturas parecidas.

https://www.metropoles.com/colunas-blogs/ilca-maria-estevao/must-have-veja-5-tendencias-de-bolsas-para-o-outono-inverno-2020

 

Leave a comment